fbpx            

Blog da

liderança

Liderança empática: entenda sua importância e como aplicá-la na empresa

Para exercer uma boa liderança, é preciso desenvolver determinadas características específicas, sendo uma das principais habilidades a empatia, ou seja, a capacidade de entender o que o outro sente.

Um bom gestor é capaz de exercer a liderança empática na empresa em que trabalha e de se colocar no lugar de sua equipe a fim de adotar as melhores decisões para todos — uma característica fundamental da inteligência interpessoal. Se você deseja saber sobre o tema e descobrir, de uma vez por todas, o que é a liderança empática e por quais razões ela se diferencia das demais, acompanhe o post que vamos apresentar todos os detalhes. Veja!

O que é e como funciona a liderança empática?

A liderança, por si só, é a capacidade de gerenciar um grupo de pessoas ou até mesmo uma empresa. É preciso que o líder saiba quais são os objetivos que pretende alcançar a fim de motivar os membros de seu time para que todos trabalhem em prol de um objetivo comum.

Contudo, alguns líderes atuam de forma equivocada e colocam a vantagem pessoal à frente das necessidades de equipe e utilizam, para tanto, táticas manipuladoras. Já outros, por sua vez, agem de maneira narcisista e arrogante.

Ocorre que um líder com essas características, além de não ser capaz de resolver os problemas internos entre os diferentes membros do grupo, ainda gera mais discórdia e insatisfação, deixando todos desmotivados.

A liderança empática, por sua vez, é o oposto desse tipo de liderança, uma vez que um líder que tem empatia consegue se colocar no lugar dos outros membros do seu grupo e, pela mesma razão, é capaz, inclusive, de compreender as necessidades dos clientes e do mercado, de maneira geral.

Um líder empático, justamente por ter as características mencionadas, consegue se comunicar de forma efetiva com todos e distribuir as tarefas da melhor maneira possível e de um modo que desperta a vontade de trabalhar nos colaboradores.

Assim, uma pessoa que exerce a liderança empática consegue sentir os sentimentos dos outros, como entusiasmo, dor, alegria etc. Com isso, pode estabelecer vínculos e fortalecer relacionamentos, fazendo com que a equipe tenha um ambiente mais saudável e com que a empresa obtenha resultados mais positivos.

Quais são os tipos de liderança e as suas principais diferenças?

Existem diferentes tipos de líderes que contam com características distintas. De maneira geral, as formas de gerir podem se encaixar na seguinte classificação:

  • líder democrático: aquele que sabe aceitar feedbacks com opiniões distintas das suas. Nesse tipo de equipe, os colaboradores costumam atuar em conjunto com o líder;
  • líder autocrático: os líderes autocráticos são as pessoas que costumam concentrar todo o poder em suas mãos e não dialogam com os seus colaboradores ou não têm o costume de consultar os demais membros da equipe. Eles não aceitam com facilidade sugestões e opiniões, pois gostam de ter o total controle sobre as decisões do time. Em geral, nesse modelo de liderança, é comum encontrar colaboradores desmotivados e que apresentam resultados abaixo do esperado;
  • líder liberal: os líderes liberais são aqueles que mediam conflitos e costumam abrir espaço amplo para as decisões do grupo. Em geral, essa modalidade de liderança entrega mais autonomia para o time.

Dessa maneira, um líder empático pode se enquadrar tanto na liderança democrática quanto na liberal, mas jamais na autocrática, uma vez que os líderes autocráticos costumam agir com opressão (ou seja, o oposto da empatia) e podem gerar até mesmo um temor em sua equipe.

Já os líderes empáticos, como contam com a capacidade de se colocar no lugar de sua equipe, como dito, têm mais facilidade para mantê-la motivada. Assim, a empatia funciona até mesmo como um instrumento de melhoria constante dentro do dia a dia da empresa.

A empatia se torna ainda mais importante no contexto atual, em que muitas companhias adotaram o trabalho remoto em razão da pandemia causada pelo novo coronavírus. Isso porque, em momentos delicados, se torna ainda mais essencial que o líder saiba como estimular a integração entre colaboradores (mesmo que a distância) e entenda os sentimentos, tanto pessoais quanto profissionais, de cada um para que seja possível motivá-los.

Como exercer a liderança empática?

Agora que você já sabe o que é a liderança empática e quais são as suas diferenças para os demais tipos, deve estar se perguntando como um líder pode exercer um papel mais empático, não mesmo? Confira, a seguir, as nossas dicas!

Atente à saúde mental e ao bem-estar dos colaboradores

Um líder empático se preocupa tanto com a saúde mental quanto com o bem-estar dos membros de sua equipe, uma vez que colaboradores insatisfeitos trabalham desmotivados e não atingem os objetivos. Por outro lado, um colaborador que sabe que pode contar com o seu líder nos momentos em que precisar, especialmente em situações delicadas, costuma se sentir grato e trabalhar mais motivado — fatores que melhoram o ambiente organizacional de qualquer companhia.

Adote soluções inovadoras

Para ser um líder empático, é preciso ter atitudes diferentes daquelas que os demais líderes costumam ter. Para tanto, é necessário pensar em seus colaboradores e adotar medidas que beneficiem a todos, como a implementação de um pequeno momento para descanso durante o expediente, pois, em uma pausa, o cérebro descansa e costuma trabalhar com ainda mais eficiência depois.

Desenvolva a sua inteligência emocional

A inteligência emocional, sem dúvidas, também abrange a compreensão dos sentimentos das pessoas à nossa volta. Assim, em uma liderança empática, a inteligência emocional é um fator fundamental.

Atue de forma estratégica

Especialmente em momentos como o que vivemos hoje em dia, em que o home office foi adotado por muitas empresas ao redor do mundo, é comum encontrar colaboradores que não sabem como equilibrar o volume de trabalho e a vida pessoal. Nesse momento, um líder empático deve saber atuar de forma estratégica para ajudar os membros de sua equipe com essa tarefa da melhor maneira possível para todos.

Agora que você já conhece a liderança empática e a sua importância e sabe, inclusive, como aplicá-la em sua empresa, coloque as nossas dicas em prática o quanto antes para usufruir de todos os seus benefícios!

Se você gostou deste post, continue a visita ao nosso blog e confira as nossas dicas sobre como encerrar um contrato de forma humanizada!

Comentários