fbpx            

Blog da

Outubro Rosa: prevenção sem distinção de gênero

Outubro Rosa: prevenção sem distinção de gênero

O Outubro Rosa começou: chegou a hora da gente se unir e tocar no assunto! Precisamos falar sobre a saúde e o autocuidado e os casos de câncer de mama, que têm crescido no Brasil.

Mas além de incentivar as mulheres cis, a Up quer alertar sobre a necessidade de falarmos sobre o tema sem distinção de gênero. Muitas pessoas transexuais, transgêneros e homens também podem desenvolver a doença. Embora ainda haja preconceito na sociedade, todos precisam consultar um mastologista e se cuidar. Vamos entender isso de perto?

Outubro Rosa para todes

Em primeiro lugar, as mamas masculinas e femininas são bem parecidas, embora nas mulheres elas se desenvolvem mais após a puberdade. A mama masculina, por exemplo, também é formada de tecido fibroso e adiposo.

Portanto, no caso das mulheres trans (pessoas do sexo masculino que se identificam com o gênero feminino), o risco de desenvolvimento de câncer de mama é semelhante. Além disso, as probabilidades aumentam quando há terapias hormonais envolvidas, geralmente utilizadas para produzir as mudanças físicas desejadas.

Quanto aos homens transexuais (indivíduos do sexo feminino que se identificam com o gênero masculino), o risco está mais associado à exposição fisiológica ao estrógeno. Isso porque eles nasceram com características hormonais femininas. Entretanto, caso tenham passado por mastectomia (retirada das mamas), o risco se torna um pouco menor. Mesmo assim, fica o alerta: a possibilidade do surgimento da doença nesses casos não é nula!

Para homens trans que não foram submetidos à mastectomia, a recomendação é a mesma das mulheres cis: realizar exame clínico periódico e mamografias após os 40 anos de idade. 

Segundo dados do INCA – Instituto Nacional de Câncer, cerca de 66 mil novos casos de câncer de mama surgiram no Brasil, durante o ano passado. Ou seja, são cerca de 61 casos a cada 100 mil brasileiros*. Porém, as maiores taxas de incidência e de mortalidade foram identificadas nas regiões Sul e Sudeste do Brasil.Se descoberto precocemente, o câncer de mama tem mais de 90% de chances de cura. Assim, independentemente de gênero, praticar a prevenção pode salvar vidas.

Incentivo ao autocuidado

Os casos de câncer de mama não se devem a um fator apenas. Muitos hábitos, estilos de vida e até fatores genéticos possuem associação com a doença. Por isso, eles são considerados “fatores de risco“, podendo aumentar gradativamente as chances de desenvolver o câncer de mama.

Entre esses fatores estão:

– Consumo de álcool;
– Excesso de peso;
– Falta de atividades físicas;
– Tabagismo
– Uso de contraceptivos hormonais;
– Histórico familiar de câncer.

Entretanto, adotar hábitos saudáveis pode mitigar alguns desses itens facilmente. Nesse ponto, a empresa também pode ajudar. Como? Promovendo campanhas que incentivam uma rotina mais equilibrada e conscientizam a equipe da importância do autocuidado.

Além disso, outro ponto legal desse incentivo vir da empresa é que você tem a informação circulando em um ambiente colaborativo. A troca de ideias, experiências e o apoio mútuo entre os colaboradores ocorre de maneira mais natural, quando inseridos em uma campanha corporativa. Portanto, é hora de praticar!

Benefícios e prevenção caminhando juntos

Além das campanhas de inclusão, as empresas também podem investir em benefícios que proporcionem um melhor cuidado à saúde de seus colaboradores. Por exemplo, soluções de assistência médica ou sessões de acompanhamento nutricional podem ajudar a criar rotinas mais saudáveis para eles.

Na Up, sua empresa pode contratar o Up Saúde | Allianz Assistance, um programa de assistência à saúde mais acessível. Embora ele ofereça até 70% de desconto em consultas médicas, odontológicas e exames laboratoriais, o benefício conta com a qualidade da rede de parceiros Allianz Assistance. Ou seja, além de economizar com a adesão, é uma solução facilmente agregada à sua carteira de benefícios existente.

Para o auxílio nutricional, a Up oferece o Up Assist. Parecido com o Up Saúde, mas focado na segurança alimentar dos colaboradores por meio da assistência de profissionais especializados. Em parceria com a IGS (Integral Group Solution), o benefício possibilita o agendamento de consultas com custo mais acessível, promovendo a melhora e manutenção da saúde física dos funcionários da sua empresa.

Tudo sem burocracia, fácil e simples de contratar! Fale com a Up Brasil e comece agora mesmo a incentivar a saúde e o autocuidado de seus colaboradores. Não só no Outubro Rosa, mas durante o ano todo.


Fonte: *INCA: Instituto Nacional do Câncer – Campanha Outubro Rosa 2022

Veja também:
3 motivos para ampliar sua carteira de benefícios
A importância de manter a saúde na sua empresa

Comentários